31 Preceitos da Espiritualidade – 24 – O passado é minha advertência

Neste mês, estamos publicando por partes o texto “31 Preceitos da Espiritualidade”. Um preceito para cada dia do mês.

24. O PASSADO É MINHA ADVERTÊNCIA

Reviver o passado tem duas faces: advertir e conscientizar; mas não pode torturar. Ou melhor, viva o presente, acostume-se a olhar para trás apenas para ver o quanto você mudou para melhor. Lembranças dolorosas, quando se tornam pensamentos recorrentes, jogam a pessoa de encontro à angústia e ao desespero, isto quando não nos leva a alimentar o desejo de vingança. Encaremos o passado como um aviso, como uma oportunidade de aprendizagem.

Anteriores
1. Deus é meu pai
2. A natureza é minha mãe

3. O universo é meu caminho
4. A eternidade é meu reino
5. A imortalidade é minha vida
6. A mente é minha casa
7. O coração é meu templo
8. A verdade é meu culto
9. O amor é minha lei
10. A forma é minha manifestação
11. A consciência é meu guia
12. A paz é meu abrigo
13. A experiência é minha escola
14. O obstáculo é minha lição
15. A dificuldade é meu estímulo
16 – A alegria é meu cântico
17 – A dor é meu aviso
18 – A luz é minha realização
19 – O trabalho é minha bênção
20 – O amigo é companheiro
21 – O adversário é meu instrutor
22 – O próximo é meu irmão
23 – A luta é minha oportunidade

Baseado em artigo publicado no Jornal Estado do Paraná em 2007.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: